.......... O Primeiro e maior Romance BDSM Brasileiro ..........

Submissão Concedida – 2ª Edição

         Revista, atualizada e com novas práticas

......................... CLIQUE AQUI e adquira o seu .........................

____________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

DICIONÁRIO   B.D.S.M.

(Bondage, Disciplina/Dominação, Submissão/Sadismo, Masoquismo)

By Mestre Jot@SM

Página Inicial

 

S

 

Saliromania

Praticas e prazer associados ao suor.

 

Sádico

 Vide www.mestrejotasm.com.br/difsamedo.htm

 

SM ou S&M (sadomasoquismo)

Prática BDSM  centrada na dor.

 

SSC

São, Seguro e Consensual. A importante tríade que separa o aceitável e o condenável no BDSM.

Tudo que possa ser classificado como SSC é aceitável no BDSM, por mais que para alguns (ou nós mesmos) pareça um exagero ou absurdo. Da mesma forma, qualquer coisa que venha a ferir um dos elementos da tríade deve ser execrado e condenado, por mais que possa, a princípio, parecer um insignificante detalhe.

Leia mais em http://www.hedone.com.br/entrev06.html , 5ª pergunta: “Para o Senhor, qual a importância da famosa tríade: são, seguro e consensual?”

 

São

 Sadio, higiênico, salutar, justo, íntegro, consciente, sóbrio, maduro.

 

Seguro

 Prudente, comedido, cauteloso, responsável e respeitoso. Refere-se também à segurança física, psicológica e o respeito à vida pessoal, familiar e profissional da escrava (e, claro, também do Dominador).

 

Safeword

Palavra ou gesto pré-estabelecido entre as partes que, uma vez utilizado pela escrava, demonstra que a mesma atingiu seu limite de resistência com a cena.

Leia mais em www.mestrejotasm.com.br/safeword.htm

 

 Serva

 Escrava. 

 

Serviçal Pessoal

Escrava dedicada a tarefas domésticas e pessoais do Dono. Não se transforma em empregadinha, pois mantém sua condição, visual e atitudes de escrava, não de empregada.

 

Sessão

 Período de tempo (geralmente num local específico- Motel/masmorra) onde se desenvolve com maior intensidade e ininterruptamente o jogo BDSM.

 Sessão pode ser definida como um conjunto de cenas ou a “encenação” do BDSM (pelos adeptos da teoria de que BDSM seja teatro).

 

Sexo

Constante, usual e prazeroso no BDSM, mas não obrigatório, podendo este se resumir a cenas e jogos de dominação e sadomasoquismo.

 

Sexo Anal

Cópula com a substituição da vagina pelo anus para penetração.

 

Sexo em público (agorofilia)

Pratica que no BDSM se expande também para a dominação, tortura, humilhações e cenas em geral.

 

Sexo Oral

Prazerosa prática baunilha amplamente utilizada no BDSM, mais como imposição do ato à escrava que como concessão do Mestre a ela.

 

Shibari

Bondage japonês, praticado com o uso de cordas específicas que deixam desenhos no corpo da “Dorei”.

 

Silver Tape

Fita prateada e larga com forte poder adesivo, utilizada como eficiente mordaça, ou mesmo para “wraps”.

 

Socratismo

Estimulação anal por Introdução do(s) dedo(s).

 

Sodomia

Ato de se penetrar o anus. Em sentido restrito, o sodomita é o praticante ativo.

 

Spanking

 Cenas de espancamento. Nome utilizado dentro da comunidade BDSM para o ato de bater. No Brasil, spanking engloba o ato de bater com as mãos, chicote, vara, chinelo ou palmatória. Nos Estados unidos e Europa, há uma distinção entre o Spanking, Whipping e "Canning". "Whipping" é qualquer atividade que envolva chicotes e Canning, que envolva varas. (bambu, rattan, etc.).

(baseado em www.desejosecreto.com.br/dicionario.html - Mestre Votan)

 

Spread Bar

Vide “Barra extensora”

 

Submissa

Vide ”escrava”

 

Submissão

 Segundo o dicionário Aurélio: obediência, sujeição, subordinação, docilidade, servilidade, humildade e subserviência.

 

Suspensão

 Técnica de imobilização onde o peso da escrava é total ou parcialmente suspenso. Esta prática requer cuidados especiais com o equipamento, sua resistência, fixação, tempo de permanência e posição da escrava.

(baseado em www.desejosecreto.com.br/dicionario.html - Mestre Votan)

 

Sucção

Sucção da pele, mamilos ou órgãos genitais, realizada com o auxílio de bomba de vácuo manual ou eletro-mecânica.

Normalmente utiliza-se uma seringa de injeção preparada para tal.

Stop Code

Vide “safeword

 

Straps (-on)

Vide “Inversão de papéis (2)”

 

Swing

Pratica entre casais que consiste em se permutar os parceiros.

 

Switcher

Aquele que se agrada do BDSM tanto como dominador/sádico, quanto como escravo/masoquista, praticando-o em  ambas as posições,  seja com um mesmo parceiro, seja com parceiros diferentes.

 

 

 

T

 

Tickling

Tortura por meio de cócegas.

 

Títulos Honoríficos

 É comum o Top se auto-intitular honorificamente, em especial nos nicks utilizados pelo mesmo. Assim, utilizam termos como Lord, Herr, King, Imperador, etc. Porém, tais títulos não tem uma definição específica ligada a uma pratica ou comportamento (como Mestre, Dominador, Sádico, Dono e Mentor), sendo apenas uma auto-intitulação.

 

Toalha Molhada

   Utilizada para espancamento, sendo bastante dolorosa, mas segura por não deixar marcas.

 

Top

Praticante na posição dominante.

 

Tornozeleiras

 Algemas utilizadas nas pernas, mais especificamente nos tornozelos.

 

Tortura

Vide www.mestrejotasm.com.br/torturacastigo.htm

 

Tortura Genital

O princípio básico da tortura genital é provocar sensações profundas e intensas diretamente nas zonas erógenas do corpo.

Trampling

   Prática ligada a podolatria, que consiste em  pisar a escrava,  descalço ou com sapatos, podendo chegar até mesmo a caminhar sobre ela..

 

Trave

Vide “Cavalete”

 

Tronco

Vide “Pelourinho”

 

Travestismo

Vide “crossdressing”.

 

 

 

U

 

Urofagia

Ingestão de urina.

 

 

 

V

 

Vampirismo

Cenas que envolvam sangue, com ou sem sua ingestão.

Encenações de vampiros.

 

Vara (de Rattan, de Marmelo)

Vide “Cane

 

Vela (cera quente de...)

 Utiliza-se a cera quente de vela para pingá-la sobre o corpo da escrava.

 

Vela de sete dias

Vela mais grossa cuja cera se acumula fartamente. A quantidade de cera que pinga sobre o corpo da escrava é maior, porém, com temperatura mais baixa.

 

Vendas

Usadas para restringir a visão da escrava.

 

Vergar

Ato e subjugar e dominar a escrava e assim conseguir  sua entrega e/ou obediência.

 

Vergas

Vide “ButtPlug

 

Vibrador, Vibro

Utensílio de prazer, utilizado para estimulação sexual da escrava.

 

Vistas Baixas

Usualmente imposta à escrava no BDSM como forma de demonstrar submissão.

Leia www.mestrejotasm.com.br/poibicaodeolhar.htm

 

24/7

Termo e prática de definição muito controversa no BDSM.

Mas basicamente e sem maior aprofundamento, pode-se definir o 24/7 como sendo uma relação BDSM com entrega e posse 24hs por dia, 7 dias por semana.

 

 

 

X

X

Posição muito prática e eficiente de se prender a escrava, por deixar seu corpo totalmente indefeso e acessível.

 

 

 

W

 

Wash (Jogos com água/Lavagem)

Cena que consiste em se lavar e/ou higienizar a  escrava.

 

Wax

Vide “vela”

 

Wraps

Prática semelhante à “mumificação”, porém, sem a cobertura total do corpo da escrava.

 

 

 

Z

Zelofilia

Prazer derivado do ciúme. Jogos e cenas que envolvam ou provoquem ciúme.

 

Zoofilia

Prática sexual envolvendo animais.